Floripa News
Cota??o
Florian?polis
Twitter Facebook RSS

Santa Catarina divulga roteiros do turismo religioso na Jornada Mundial da Juventude

Publicado em 19/07/2013 Editoria: Saúde Comente!


Um caminho de peregrinação. Este é o roteiro de fé que Santa Catarina irá divulgar na Jornada Mundial da Juventude, que reúne, entre os dias 23 a 28 de julho, no Rio de Janeiro, jovens católicos do mundo inteiro, especialmente do Brasil, em uma verdadeira manifestação de religiosidade e fé cristã. A Santur – Santa Catarina Turismo S/A, órgão responsável pela promoção e divulgação do “Destino Santa Catarina” no país e no exterior, participará deste evento divulgando os roteiros do turismo religioso catarinense. São muitos os locais do Estado que atraem grande número de peregrinos.

Santa Paulina                                                                                                                               

Seja na vida familiar ou religiosa, como Fundadora, Superiora Geral e Súdita, Madre Paulina, chegou ao Brasil, vindo da Itália, em 1875, foi um exemplo de humildade, dedicação e persistência, em busca da glória de Deus e do bem ao próximo. Diante das adversidades, costumava repetir: “Não desanimeis nunca, embora venham ventos contrários“. A canonização de Madre Paulina foi oficializada pelo papa João Paulo, em 19 de maio de 2002. Em Nova Trento, onde a religiosa ocorreu mudanças expressivas durante esse tempo. A principal delas foi o aumento do número de visitantes ao Santuário que passou a receber 30 mil pessoas por mês, duas vezes mais que antes da canonização. 

Beata Albertina Berkenbrock                                                                                                     

Na localidade de São Luiz, município de Imaruí, no Sul do estado, o caso da menina Albertina Berkenbrock, assassinada em 15 de junho de 1931 aos 12 anos de idade, ao resistir a uma tentativa de estupro, teve a beatificação confirmada por Roma em 20 de outubro de 2007. Ela pode vir a ser a primeira Santa genuinamente brasileira, isto é, nascida em território nacional.                                           

Frei Bruno                                                                                                                                  

Outro religioso que atrai grande número de devotos é Frei Bruno. O religioso, nascido na Alemanha, trabalhou em várias comunidades de Santa Catarina. Mas foi em Joaçaba, onde morreu em 25 de janeiro de 1960, que ganhou fama de milagroso. A romaria, que comemora a data de sua morte, chega a reunir 50 mil pessoas que fazem um percurso de 20 quilômetros, entre cânticos, velas e pagamentos de promessas.                    

Caminhos da fé                                                                                                

O santuário de Nossa Senhora do Caravaggio, situado no Vale de Azambuja, em Brusque, apenas 30 quilômetros de Nova Trento, é ponto de parada obrigatória de turistas de todo o Brasil, que pagam promessas e fazem pedidos à Santa ou apenas querem conhecer o local. A igreja é decorada com vitrais coloridos e cenas da saga de Jesus Cristo, expostas em quadros pintados sobre o altar. Um quadro de nossa senhora do Caravaggio, vindo da Itália, ainda hoje pode ser admirado na gruta Nossa Senhora de Lourdes, anexa ao Santuário, um espaço onde os fiéis podem acender velas. Azambuja tornou-se um centro de peregrinações a partir de 24 de abril de 1887 quando a capela recebeu a bênção do Padre Marcello Rocchi. Crescendo o número de romeiros e vendo a importância espiritual que alcançava o Padre Antônio Eising inicia a construção de uma nova igreja, no mesmo ano em que chega a Brusque, 1982. Ali não se invoca Nossa Senhora de Caravaggio, mas Nossa Senhora de “Azambuja” devido ao vale de Azambuja, onde está localizado o Santuário. 

‎Procissão de Nosso Senhor dos Passos                                                                              

Maior e mais antiga manifestação de religiosidade popular de Santa Catarina, a procissão de Senhor Jesus dos Passos é realizada desde 1766, portanto a 247 anos de forma ininterrupta. A imagem do Senhor dos Passos, de grande valor artístico, foi esculpida pelo baiano Francisco Chagas. Ela proporciona a quem contempla visão diferenciada, conforme o ângulo de observação. Na procissão noturna, o andor da imagem é carregado pelos homens que vão se revezando e o de nossa Senhora das Dores, pelas mulheres. No domingo à tarde, as duas imagens percorrem as ruas centrais de Florianópolis, quando em frente a Catedral Metropolitana acontece o histórico sermão do encontro. Com intuito de perpetuar a tradição, a mais antiga manifestação religiosa pode tornar-se  parte do Patrimônio Cultural  Imaterial Nacional.

› FONTE: Floripa News (www.floripanews.com.br)

Comentários