Floripa News
Cota??o
Florian?polis
Twitter Facebook RSS

Ação no exterior, resultado no Verão Vinicius Lummertz - Presidente da Embratur

Publicado em 20/03/2018 Editoria: Artigos Comente!


Vinicius Lummertz - Presidente da Embratur

Vinicius Lummertz - Presidente da Embratur

Praias lotadas, comércio movimentado, hotéis cheios, mistura de sotaques e idiomas nas ruas. O êxito do verão de Santa Catarina não se deve apenas à beleza das praias, riquezas culturais e infraestrutura dos destinos. A maciça presença de estrangeiros que movimentou exponencialmente a economia local se deve também a uma série de ações nas quais a Embratur tem decisiva atuação.

Santa Catarina figurou na intensa agenda de promoção do turismo brasileiro no exterior e já contabiliza resultados, como a ocupação hoteleira acima dos 80%. Campanhas publicitárias, feiras em mercados prioritários e ações pontuais, como o acordo com a Polícia Federal para facilitar a entrada no país de argentinos que viajam de automóvel, estimulam a vinda de mais estrangeiros e fortalecem a imagem do Estado.

Na Argentina, intensificamos a promoção do Sul do país em uma das principais feiras do continente - a FIT Buenos Aires. Divulgamos os destinos e vimos de perto a atenção que o Brasil desperta neste mercado que prevê, para todo o ano de 2018, um aumento de 20% no fluxo de hermanos no Brasil. Apenas em janeiro, 18,8% do total de turistas brasileiros e estrangeiros que visitaram Santa Catarina eram argentinos.

Dados relevantes como estes não são obras do acaso, mas resultado de muito trabalho. Em 2017, a Embratur lançou as campanhas publicitárias: “O Sul é meu destino” e "Aqui hablamos Portuñol: en Brasil todo mundo se entiende". A segunda voltada para os países da América Latina e em formato digital. As peças têm grande impacto nas redes sociais e os vídeos já contam com mais de 52 milhões de visualizações.

A promoção do potencial brasileiro no turismo deve ser global. Alinhamos com o governo argentino uma ação para atrair turistas de países distantes como a China, maior exportador de turistas do mundo. Cerca de 130 milhões de chineses viajam por ano, mas apenas 60 mil para o Brasil.

A emissão do visto eletrônico para turistas da Austrália, Canadá, Japão e Estados Unidos já apresenta resultados. No primeiro mês após a adoção da medida, foi registrado um aumento de 70% nos pedidos de visto nos Estados Unidos. O próximo passo é a China. 

Tais avanços precisam ser aliados a mudanças de grande porte, no âmbito nacional. Algumas andaram, como aprovação pela Câmara do acordo de céus abertos com os EUA. Outras necessitam de aprovação, como a nova Lei Geral do Turismo, a abertura do capital das empresas aéreas para estrangeiros e a transformação da Embratur em agência.

As ações conduzidas pela Embratur fazem parte do esforço coletivo para que o Brasil seja reconhecido internacionalmente como destino turístico consolidado. Mas é preciso adicionar a esse tempero uma pitada a mais de vontade política.

› FONTE: Floripa News (www.floripanews.com.br)

Comentários