Floripa News
Cota??o
Florian?polis
Twitter Facebook RSS

1° Seminário de Violão de Navegantes acontece agora em maio

Publicado em 03/05/2017 Editoria: Cidades Comente!


Camerata de Itajaí

Camerata de Itajaí

O 1° Seminário de Violão de Navegantes será realizado nos dias 12 e 13 de maio, com Concertos e Oficinas gratuitas

Na sexta-feira (12), às 13h30, serão realizadas as Oficinas "Tambores da Esperança" com Chico Preto e "Violeiros do Amanhã" com Maykow Santos, no CEU de Nossa Senhora das Graças. No término das Oficinas, haverá a apresentação de 30 minutos dos artistas Chico Preto e Micael Graciki no local.

Às 20h no Auditório do Centro Integrado de Cultura, da Fundação Cultural de Navegantes, serão realizados os Concertos da Camerata de Violões de Itajaí e também do violonista Ricardo Pauletti.

No sábado (13), às 9h, Alessandro Penezzi ministra a "Oficina de Violão Brasileiro" e às 14h será realizada a Oficina "O ensino do Violão" com Ricardo Pauletti, na Fundação Cultural de Navegantes, ao lado do Ginásio de Esportes.

Às 20h novamente no Auditório do Centro Integrado de Cultura da Fundação Cultural de Navegantes, acontece o concerto de encerramento com o violonista Alessandro Penezzi, uma das maiores referências do instrumento atualmente.

Todos os Concertos e Oficinas são gratuitos. As vagas para as Oficinas são limitadas e para se inscrever, é necessário encaminhar o nome completo, telefone e as Oficinas que deseja cursar para o e-mail:seminariodeviolaodenavegantes@gmail.com.

Os alunos receberão o Certificado no término de cada Oficina.

O 1° Seminário de Violão de Navegantes tem o patrocínio da Prefeitura Municipal de Navegantes e Fundação Cultural de Navegantes, através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

 

Programação completa:

Concertos:

Dia: 12/05 (sexta) - às 20h-  Camerata de Violões de Itajaí e Ricardo Pauletti

Dia: 13/05 (sábado) às 20h - Alessandro Penezzi

Local: Auditório do Centro Integrado de Cultura, da Fundação Cultural de Navegantes.

 Oficinas:

Data: 12/05 (sexta)

- 13h30 às 16h30 - "Tambores da Esperança" Chico Preto - (25 vagas)

- 13h30 às 16h30 - "Violeiros do AmanhãMaycow Santos - (25 vagas)

- 17h - Chico Preto e Micael Graciki (Apresentação no término da Oficina)

Local: CEU de Nossa Senhora das Graças

 

Data: 13/05 (sábado)

- 09h às 12h - "Oficina de Violão Brasileiro" - Alessandro Penezzi (25 vagas)

- 14h às 17h "O ensino do Violão"- Ricardo Pauletti – (25 vagas)

Local: Fundação Cultural de Navegantes

Os alunos receberão o certificado no término de cada Oficina.

Entrada Gratuita

SINOPSE CONCERTOS:

Sexta-feira (12) ás 20h:

Camerata de Violões de Itajaí é formada por violonistas integrantes da Associação de Violão de Itajaí e Conservatório de Música Popular de Itajaí e traz ao público uma das mais interessantes formações para o instrumento.  No repertório, a Camerata executa músicas tradicionais do repertório violonístico, da música popular brasileira e internacional, com obras de Tom Jobim, Baden Powell, Paulinho Nogueira, João Pernambuco, Edu Lobo e Beatles, interpretadas com a sonoridade que é peculiar desta formação.

Ricardo Pauletti é violonista, compositor e arranjador. Tem graduação em Música pela UNIVALI e mestrado em Música pela UDESC. Estudou violão erudito no Brasil e na Espanha e posteriormente passou a dedicar-se ao choro e ao violão de sete cordas. Conta com dois CDs e um DVD em sua discografia: O CD Variações Brasileiras (2011), o CD Choro de Faia (2014) e o DVD Ricard Pauletti Trio (2015), gravado ao vivo no Estúdio Café Maestro, no Club du Choro em Paris e no Teatro Municipal de Itajaí.

Em seu concerto solo apresenta composições presentes nos seus dois CDs, além de arranjos de clássicos do violão brasileiros de compositores como Garoto e Dilermando Reis.

Sábado (13) ás 20h:

Alessandro Penezzi iniciou seus estudos de violão aos 7 anos. Compositor e arranjador, toca também o violão de 7 cordas, violão tenor, cavaquinho, bandolim e flauta. Formou-se em violão erudito em 1997, pela Escola de Música de Piracicaba, sob a orientação do Maestro Ernst Mahle e do Prof. Sérgio Belluco, que também lhe mostrou o universo do Choro. Bacharelou-se em Música Popular pela Unicamp em 2005.   Integrou importantes grupos instrumentais brasileiros e é considerado tanto pela crítica como pelos músicos como um dos violonistas mais impressionantes da atualidade seja por sua técnica apurada, virtuosismo ou composições, que já foram gravadas por artistas como Yamandú Costa (Dayanna), Beth Carvalho (Acabou a Brincadeira)  e Danilo Brito (Abraçando). Penezzi vem consolidando uma carreira de criatividade e maturidade, isso é notado pelas várias indicações a Prêmios, Gravações, Programas de TV e Rádio, Concertos, Workshops, Oficinas e Júri em Festivais e Feiras no Brasil e no exterior.

› FONTE: Assessoria e Produção: Luciana Castilho

Comentários