Floripa News
Cota??o
Florian?polis
Twitter Facebook RSS

Moradores do Oeste do Estado foram os primeiros a receber alertas da Defesa Civil por SMS

Publicado em 09/02/2010 Editoria: Geral Comente!


foto divulgação

foto divulgação

Primeira mensagem foi enviada nesta quarta-feira (8) a cidadãos em Ponte Serrada (SC). Serviço será ampliado para todo o Brasil

O primeiro alerta por celular sobre riscos de desastres naturais foi enviado na tarde desta quarta-feira (8) a cerca de 400 moradores de Ponte Serrada, na região oeste de Santa Catarina. O serviço, desenvolvido pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração Nacional, já está disponível para 20 municípios catarinenses. Desde o dia 1º de fevereiro, nessas localidades, usuários de todas as operadoras de telefonia móvel começaram a cadastrar seus aparelhos gratuitamente para receber os alertas.

O conteúdo da primeira mensagem de texto, enviada às 13h42 a usuários já cadastrados para receber o serviço, chama a atenção sobre riscos de alagamento e recomenda que moradores evitem ficar em áreas de maior vulnerabilidade.

As notificações da Defesa Civil são enviadas a qualquer instante pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), departamento da Sedec responsável pelo monitoramento em tempo real, durante 24 horas por dia, de dados relativos à ocorrência de desastres naturais, como mudanças climáticas, mapas de áreas de risco de deslizamentos e inundações.  Os alertas por SMS são gratuitos e o recebimento do conteúdo é opcional.

De acordo com o diretor do Cenad, Élcio Barbosa, o objetivo é evitar que moradores em áreas de risco sejam surpreendidos por fenômenos meteorológicos e, com antecedência, possam buscar locais seguros. "Chegando previamente à população, os alertas vão possibilitar que as pessoas saiam de casa antes de uma inundação, enxurrada ou deslizamento atingirem uma determinada localidade, por exemplo. Elas terão tempo para procurar abrigos e orientações da Defesa Civil", afirmou.

Após a fase inicial de testes, com duração de quatro meses, a iniciativa será ampliada gradativamente para todas as cidades do país, começando pelos demais municípios de Santa Catarina e, em seguida, os estados de São Paulo e Paraná. O serviço conta com a parceria dos órgãos de Defesa Civil nos estados e municípios e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Para receber as informações, o usuário precisa se cadastrar enviando o Código de Endereçamento Postal (CEP) do local de interesse para o número 40199. É possível registrar mais de um CEP. O usuário receberá então uma mensagem de confirmação informando que o celular está apto a receber os alertas. Também será possível cancelar o serviço a qualquer momento. Não há custo para receber, nem enviar as mensagens.

As cidades catarinenses que fazem parte do projeto-piloto são: Araranguá, Pedras Grandes, São João Batista, Ilhota, Balneário Rincão, Mirim Doce, Barra Velha, Caçador, Herval d&39;Oeste, Itapiranga, Ponte Serrada, Maravilha, São Carlos, Arvoredo, Ponte Alta do Norte, Rio dos Cedros, Araquari, Urubici, Rio do Sul e Três Barras.

Passo a passo para ter acesso ao serviço:

1.     Cadastro: para realizar o cadastro envie os CEPs de interesse para 40199.

2.     Consulta: para consultar os CEPs cadastrados envie a palavra CONSULTAR para o número 40199.

3.     Cancelamento: para cancelar o serviço envie CANCELAR e o CEP, sem espaços ou hífens, para 40199.

› FONTE: Assessoria de Comunicação da Defesa Civil

Comentários