Floripa News
Cota??o
Florian?polis
Twitter Facebook RSS

GSP diz que aprendeu lição com Anderson e elogia: 'ele é um gênio' 6

Publicado em 31/07/2013 Editoria: Esporte Comente!


 O UFC conta com três principais estrelas: Anderson Silva, Jon Jones e Georges St-Pierre. O primeiro caiu de forma surpreendente contra Chris Weidman no começo do mês. E o reflexo para os outros dois, pelo jeito, foi a lição de que até o "maior da história" está sujeito a uma zebra inesperada. É isso o que disse o canadense St-Pierre, campeão dos meio-médios, que mesmo após o revés encheu o Spider de elogios.

Durante uma das paradas da "turnê mundial" do UFC, com vários atletas em eventos espalhados pelo globo para promover os combates do final da temporada 2013, GSP comentou a derrota de Anderson, que sempre foi um potencial rival para uma aguardada superluta.

"Estou triste por Anderson. (Sua derrota) me fez lembrar que os melhores podem perder. Um erro pode por tudo a perder. Para mim, serve como um despertar: pode acontecer comigo também. Sou um campeão e posso perder", disse o canadense, segundo o MMA Fighting, em Las Vegas.

GSP agora é o campeão com a maior série invicta no Ultimate. Ele conquistou o cinturão interino em 2007 e se tornou o campeão oficial em 2008. Tem oito defesas do título. Na próxima, em 16 de novembro, encara o perigoso nocauteador Johny Hendricks.

"Você nunca sabe o que pode ocorrer. No momento em que alguém parece invencível, pode ser também o momento da queda. (O MMA) é um esporte maluco. Não quero que aconteça comigo, então vou trabalhar muito duro", afirmou o campeão, antes de elogiar o Spider.

"Anderson Silva é um gênio. Ele quer, durante a luta, que você sinta que não deveria estar no ringue com ele, porque ele é bom demais para você. Isso é o que ele quer passar ao oponente. Ele é um gênio", disse GSP.

"Veja a luta com Weidman. Ele fez um monte de maluquices, mas não atingiu um golpe significativo. Por causa do seu estilo, porém, parecia que estava dominando. É uma ilusão, ele é muito inteligente e consegue entrar na mente do oponente. Weidman manteve o foco e Anderson foi pego. Mas Anderson ainda é o melhor do mundo", concluiu.

› FONTE: uol.com.br

Comentários