Floripa News
Cota??o
Florian?polis
Twitter Facebook RSS
Mercado&Negócios - Por Gisela Bond

Mercado&Negócios Por Gisela Bond

Mercado&Negócios - Por Gisela Bond

Sadia anuncia parceria com NBA Basquete para produtos a serem consumidos acompanhando jogos

Publicado em 16/03/2021 Comente!


Sadia - a marca mais valiosa do setor de alimentos, segundo o BrandZ Brasil - Kantar e Top of Mind -, e NBA (National Basketball Association) anunciaram uma parceria de longo prazo para o mercado brasileiro. O acordo, inédito no país, tem como principal objetivo conectar marca e produtos com o apaixonado por esporte, em especial os fãs do basquete, por meio de diversas ativações temáticas. Proprietária de um portfólio de congelados, repleto de pratos prontos, empanados, pizzas, lasanhas, snacks e batatas ideais para acompanhar a emoção dos jogos, a parceria com a NBA vai dar mais visibilidade às categorias da Sadia, aproximando ainda mais a marca do público jovem. O acordo com a liga é uma das muitas iniciativas que a Sadia vai promover ao longo do ano no cumprimento da Visão 2030 que a BRF anunciou em dezembro.

 

CONEXÃO

“Estamos felizes em anunciar esta parceria inédita. Nosso foco é desenvolver ações que gerem ainda mais afinidade entre Sadia e o público jovem aficionado por esportes. Acreditamos que NBA e Sadia são marcas com muita conexão, já que remetem à criatividade, inovação e paixão. Com certeza, esta iniciativa é apenas o início de uma duradoura e próspera relação”, afirma Marcelo Suárez, diretor de marketing das marcas BRF. “É muito bom trazer uma novidade tão saborosa, em ter a Sadia como parceira, uma marca que é sinônimo de qualidade e que está tão presente em nosso dia a dia. Estamos muito animados em poder oferecer aos nossos fãs uma linha completa de alimentos congelados e fazer da experiência de assistir aos jogos algo ainda mais especial”, disse Rodrigo Vicentini, Head da NBA no Brasil.

 

A SADIA

Líder em diversas categorias pela pesquisa Top of Mind, Sadia entrou para o Top 10 da edição 2020 do ranking BrandZ - As 25 Marcas Brasileiras Mais Valiosas do Brasil. Presente na mesa do consumidor desde a década de 1940, a marca conquistou a confiança do público por meio de atributos que são valorizados até hoje, como qualidade superior, sabor, praticidade e o uso de ingredientes selecionados. Sadia é democrática, com opções para todos os públicos. Com o conceito ‘Quanto mais você sabe, melhor a Sadia fica’, a marca reforça os diferenciais que fazem dela a preferida do brasileiro. Inovadora por vocação, foi a primeira a disponibilizar congelados que facilitam a vida das pessoas, como a reconhecida lasanha Sadia. Ou seja, uma marca que tem no seu DNA o pioneirismo. Sadia está presente em pontos de venda de todo o Brasil, oferecendo um amplo portfólio de produtos que complementam o cardápio das principais refeições do dia e reconhecidos pelos consumidores.

 

A NBA

A NBA é uma empresa global de esportes e mídia construída ao redor de quatro ligas de esportes profissionais: a NBA, a WNBA (liga feminina), a NBA G-League (liga de desenvolvimento da NBA) e a NBA2K League (Esports). A liga se estabeleceu internacionalmente com a presença de escritórios em 13 mercados pelo mundo (o escritório brasileiro foi aberto em 2012), jogos e programação em 215 países e territórios em 50 línguas, e produtos oficiais da NBA à venda em mais de 100 mil lojas de 100 países em seis continentes. O Brasil é considerado o segundo mercado mais estratégico para a liga no mundo fora dos EUA (atrás apenas da China), além de ser também o maior mercado de varejo fora dos EUA.

 

AURORA

O ano foi de muito trabalho e imensos desafios, mas os resultados foram extraordinários. Por esse esforço coletivo, a Cooperativa Central Aurora Alimentos distribuiu a 35.214 empregados 2,5 salários correspondentes ao Programa de Participação nos Resultados (PPR) de 2020. Somados aos 12 salários mensais mais o 13º pagos durante o ano, a remuneração do quadro funcional da Aurora totalizou 15,5 salários no período. Aqueles que não trabalharam na integralidade do período (12 meses) receberam de PPR o valor correspondente ao tempo em que estiveram disponíveis para trabalhar. O benefício é proporcional a participação de cada um na construção do resultado anual.

METAS

“As metas pactuadas foram cumpridas e a Aurora teve um desempenho muito bom em 2020”, justifica o presidente Neivor Canton. Acentua que essa distribuição de resultados aos colaboradores representa um significativo aporte de dinheiro na economia regional. No ano passado, para atender às demandas de aumento da produção, a Cooperativa Central ampliou em 16% o quadro de recursos humanos que fechou o ano com 35.244 empregados diretos – ou seja, foram criados quase 5.000 novos postos de trabalho.

BENEFÍCIOS

A Aurora investiu R$ 259 milhões de reais no plano de benefícios a esses trabalhadores, o que inclui plano de saúde, transporte, prêmio assiduidade, alimentação, previdência privada, prêmio tempo de serviço, auxílio creche e assistência odontológica, dentre outros. Os investimentos totais nos empregados somaram 1 bilhão 859 milhões de reais incluindo salários e encargos, benefícios, segurança e saúde, capacitação e desenvolvimento, auxílio escola.

PPR

O pagamento dos valores originados do Programa de Participação nos Resultados (PPR) ocorreu juntamente com o salário de fevereiro, depositado dia 04 de março. Cada trabalhador recebeu até 250% do seu salário de dezembro de 2020. “É a premiação pelos esforços dos trabalhadores na melhoria dos níveis de qualidade, produtividade e resultados globais do negócio”, assinala o dirigente. O balanço que permitiu o pagamento do PPR foi apresentado na última assembleia geral da Aurora pelo presidente Neivor Canton, pelo vice-presidente Marcos Antônio Zordan e pelo diretor comercial Leomar Somensi.

RECEITA

A receita operacional bruta obtida em 2020 foi de R$ 14 bilhões 622,5 milhões, ou seja, 33% superior ao exercício de 2019. As sobras situaram-se em R$ 1,4 bilhão. O mercado interno respondeu por 64,9% dessas receitas e, as exportações, por 35,1%. Em volumes, o mercado doméstico absorveu 70% da produção e, as exportações, 30%. 

 

 

Comentários

Mercado&Negócios

Por Gisela Bond

Agenda

+ eventos

Classificados

+ anúncios