Floripa News
Cota??o
Florian?polis
Twitter Facebook RSS
Bondeconomia - Por Fernando Bond

Bondeconomia Por Fernando Bond

Bondeconomia - Por Fernando Bond

Vinicius Lummertz convida população a compartilhar campanha pelo turismo

Publicado em 06/08/2018 Comente!

Vinicius Lummertz / Foto: Roberto Castro

Vinicius Lummertz / Foto: Roberto Castro

A gente sempre diz no nosso setor que lutar pelo turismo é quase um sacerdócio, uma pregação incansável para catequizar a população, os trabalhadores, formadores de opinião, os governos e até a iniciativa privada sobre tudo que esse setor gera em termos de emprego, renda para as famílias, arrecadação de impostos, desenvolvimento para o país e conservação da natureza”, disse o ministro Vinicius Lummertz à coluna ao falar sobre o lançamento da nova campanha “Turismo – nosso trabalho gera empregos”, que começa a viralizar nas redes sociais. Assinada pelo Conselho Nacional de Turismo, o vídeo mostra que o turismo – que impacta outros 53 setores da economia – pode gerar dois milhões de empregos nos próximos anos, com mais potencial do que o de energia eólica (200 mil até 2020), comunicações (30 mil até 2022) e o óleo e gás (500 mil até 2020). O mercado de turismo representa 8,3 trilhões de dólares no mundo e 7,9% do PIB do Brasil.

Mesmo com o avanço da tecnologia, o setor não deixa de criar postos de trabalho – um a cada cinco empregos gerados no mundo. Mas temos números muito ruins: em 2017, 19 bilhões de dólares foram deixados por brasileiros no exterior, enquanto que os estrangeiros gastaram aqui apenas 5,8 bilhões, um déficit de 13,2 bi de dólares na balança comercial. É um contrassenso num país que foi eleito número 1 do mundo em atrativos naturais, mas que, quando o quesito é priorização do turismo, fica em 106º entre 130 países. Mais grave ainda: oferecemos aos empresários um dos os piores ambientes de negócios do planeta, traduzido em insegurança jurídica, judicialização e criminalização dos empreendimentos turísticos e, neste item, SC é campeã nacional.    


COMPARTILHANDO O VÍDEO

O Brasil investe pouco em turismo. Os investimentos privados no setor, 19,66 bilhões de dólares, são muito menores que países como Estado Unidos (176,35 bilhões de dólares) e China (154,67 bilhões), se igualando a países que têm 10% da nossa população. Os investimentos públicos também deixam a desejar: os Estados Unidos aplicam 127,7 bilhões de dólares, enquanto nós apenas 8,84 bilhões. Vinicius Lummertz defende uma revolução no setor para “dobrar o número de visitantes estrangeiros para 12 milhões e inserir mais de 40 milhões de brasileiros no mercado de viagens, gerando mais de 2 milhões de empregos”.

Para ele, “o turismo pode alavancar um novo ciclo de crescimento no país. Chega de pensar no turismo como vagão. O turismo é locomotiva, não é consequência, mas sim uma das causas do desenvolvimento econômico. Não dá para pensar num Plano de Governo sem pensar no turismo. A sociedade precisa estar atenta, cobrando dos candidatos e dos próximos governantes”. Por isso o ministro catarinense convida você a ver e compartilhar o vídeo da campanha: https://youtu.be/ryqqcYr9nqg

Comentários

Bondeconomia

Por Fernando Bond

Agenda

+ eventos